RSS

Entendendo um pouco a Quimbanda


O termo “kimbanda” sempre sugeriu mistério e teve dificuldades de aceitação social por que desde o surgimento das manifestações religiosas no Brasil nunca houve alguém que apresentasse uma estrutura teológica concreta, e que agradasse os adeptos de um modo geral.

Temos um valioso histórico de “tradição oral” que pode mudar drasticamente de região para região, mas, no entanto, a essência daquilo que se entende por Quimbanda, se observado por uma lente mais ampla, verificamos que os espíritos dessa ordem formam uma egrégora magística e iniciática, mas antes de tudo, flexível. O que independente da estrutura teológica em que estejam inseridos, estarão agindo, atuando, de acordo.
Eles representam o arquétipo do inconsciente, a forma oculta e mística do homem e da mulher. Trabalham o que se denomina “poder oculto” ou “verdade”. É o próprio homem sobre “ele mesmo”, entendendo o mundo a sua volta como um “reflexo dele” ou “sombra”. Daí por que entendemos Exu como “o próprio homem despido de carne”, visto que já passou por aqui, viveu > morreu e se tornou um Sábio.
Na Kimbanda não existe um “Deus” soberano. O que existe são referências sincréticas conforme as egrégoras que se formaram ao longo dos anos, nas mais diferentes vertentes doutrinárias e raízes africanistas. Que embora se diferenciem pelo regionalismo, se afunilam em essência quando a manifestação de espíritos da “ordem de comando” apresentam esclarecimentos sobre sua atuação e concepção filosófica.
Geralmente se mostrando abertos aos diferentes níveis de entendimento da vida, e quase sempre, reportando-se às Leis básicas do universo como verdade. Um exemplo é quando um Exu diz: “Toma conta e presta conta”. Significa que tanto o homem quanto seus Guias são responsáveis por suas ações. Que não será uma “deidade” a fazer cobranças, e sim “ele mesmo”, pois é parte de um universo onde ele “também é o universo” e, por conseguinte, a Lei.
Se observar uma formiga trabalhando por um período, vai se encher de compaixão e admirar aquela forma de vida, mas se esta mesma formiga lhe morder, imediatamente você irá esmagá-la. Não haverá compaixão nem admiração. É a resposta à dor, causa e efeito, ação e reação. Ou seja, você mesmo estará exercendo a Lei por mero instinto.
Interessante é que praticamente ninguém sente “culpa” por esmagar uma formiga, mas se sente culpado por esmagar o semelhante. Neste caso, estamos saindo da esfera das Leis e entrando no “consenso moral” de “certo e errado”.
Aí é que reside toda a diferença entre “realidade e subjetividade”, que embora seja um caso óbvio, inevitavelmente as pessoas acabam misturando “alhos com bugalhos”.
Se pararmos para analisar o trabalho de um Exu ou Pombagira, a irradiação energética sobre a coroa de um médium, ao longo de muitos anos ocorre uma profunda transformação psicológica, e até ideológica. Como se uma “libertação” dos grilhões gerados pelo convívio social. A “moralidade coletiva”.
O primeiro aspecto visível é um considerável desenvolvimento da autoconfiança que, por via de regra, resulta na serenidade. Esta mesma virtude possibilita o discernimento entre o certo e o errado, porém desta vez, em um nível mais elevado de consciência.

Não pretendo com isso afirmar que um kimbandeiro é um “deus”, mas que de qualquer modo, assim entendemos a vida. Somos deuses e demônios, tudo em um único “Ser”. O saber discernir entre a realidade e a subjetividade é o primeiro passo para entender a Kimbanda.

Anúncios
 

16 Respostas para “Entendendo um pouco a Quimbanda

  1. jaqueline

    19/03/2011 at 2:44 pm

    eu trabalho com esse exu ele e fantastico

     
    • quimbanda

      12/06/2011 at 2:29 am

      Muito bom ele. Gosto de me consultar com Gira mundo muito bom tbm!

       
  2. jorge adabe

    14/07/2011 at 1:43 pm

    adorei este blog, parabens!!!

     
    • Glauco Volpini

      15/07/2011 at 8:50 pm

      Muito obrigado por gosta e pala visita. Salve Quimbanda! Que Deus lhe proteja

       
      • rosileide

        03/03/2014 at 7:52 pm

        gostaria de saber mais sobre a quimbada.

         
  3. Arthur Moço

    17/07/2011 at 8:32 pm

    Salve seu Moço….Parabéns pelo excelente trabalho.

     
    • quimbanda

      18/07/2011 at 8:58 am

      Muito obrigado pela atenção e pela visita. Muito obrigado mesmo seu.Moço

       
  4. rafael LEONARDO

    08/02/2012 at 6:35 pm

    oi vi essas imagens como faço para compra-las?

     
  5. Brenda Falcão

    08/04/2012 at 12:44 pm

    Mesmo as pessoas que não são dessa religião tem aqui a oportunidade de conhece-la melhor, excelente trabalho !

     
    • quimbanda

      08/04/2012 at 2:08 pm

      Salve Quimbanda minha irmã .Essa foi minha ideia mesmo 🙂 , Fazer alguma coisa que as pessoas poderiam ler sem ter medo.
      Muito Obrigado mesmo. Fique com Deus

       
  6. Leitão

    21/08/2012 at 9:31 am

    por favor, preciso saber de vocês tem a imagem de veludo! Favor entrar em contato. já deixei três posts na publicação da imagem de veludo feita no início do ano. Aguardo contato via email. Vocês têm algum telefone para contato?

     
    • quimbanda

      29/08/2012 at 9:03 pm

      Oi salve a quimbanda. Desculpa e demora da resposta.
      Eu to sem esta imagen do veludo, estou esperando chega mais dessa…
      Chegando entro em contato com você sem falta. Muito obrigado e desculpas pelo transtorno.

       
      • Martins

        30/10/2012 at 8:28 pm

        Oi,preciso da imagem do veludo,como faço para comprar?
        Por favor entre em contato comigo…

         
      • martins

        31/10/2012 at 5:51 pm

        OI
        gostaria de saber como posso comprar,a imagem do exu veludo de calca e camisa branca?
        fico no aguardo…

         
  7. jose aluizio cabral

    10/04/2013 at 7:28 pm

    uma bela explanação a respeito da Kinbanda; isto nos da um melhor discernimento. Pois entre um guia e seu medium existe uma grande diferença. Não fossem nossas imperfeições e ignorância e uma atmosfera carregada de preconseitos, nossa vida dentro da Umbanda ou Kinbanda seria outra. Obrigado.. Aluizio

    .

     
    • quimbanda

      12/04/2013 at 5:23 pm

      Muito Obrigado pela visita em meu humilde blog sobro nossa maravilhosa Quimbanda.
      tenha um Otimo final de semana! Salve Quimbanda

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s